AMO-TE



"Amo-te" surge da nossa intenção de trabalhar em torno da ideia de "relação".
Desde que nos conhecemos (10 anos) tornámo-nos amigos e de alguma forma começámos a questionar-nos o porquê de mantermos esta amizade por tanto tempo e termos uma necessidade (quase dependência) um do outro - não no sentido romântico/sexual - mas como as pessoas se relacionam umas com as outras noutro nível de comunicação - desde a primeira impressão, confrontação, conhecimento, motivações e frustrações que surpreendentemente nos tornam melhores conhecedores de nós próprios e alimentando a nossa personalidade com novos sabores.
“Amo-te” resume-se num trabalho performativo em torno de discussões e experimentações com o corpo como consequente da química que nos aproxima - duas pessoas com motivações, historiais, percepções e frustrações dispares.

_


"Amo-te” arises from our intention to work around the idea of "relationship". 
Since we met (about 10 years ago) we became friends and somehow we started to question ourselves what makes us keeping the friendship and having this feeling of dependency of each other – not in the sense of sexual or romantic interest - but how people connect in another level of communication – from the first contact/impression, to the confrontation of different experiences, knowledge, motivations and frustrations that surprisingly opens up the perception of who we are and feeds our personalities with new flavors.
Choreography and interpretation Joana Castro and Flávio Rodrigues
Music Flávio Rodrigues
Video Joana Castro
Light design Joana Castro and Flávio Rodrigues
Photography Lino Cabral
Duration 30 minutes
for more information contact: joana_cst@hotmail.com